Agenda

04/01/2018

04/01 – Usina da Música com Grupo Luar do Sertão

Há 17 anos ininterruptos na estrada, o Luar do Sertão é um dos grupos mais queridos e consolidados na divulgação do chorinho pelo cenário musical paraibano. “Vamos dividir a primeira metade do show com um desfile de instrumentais e rechear a outra com hinos cantados por nomes como Noel Rosa, Pixinguinha, Cartola, Clara Nunes, Paulinho da Viola, Nubia Lafayette e Dolores Duran”, informa Juracy Régis de Lucena, coordenador do grupo.

A origem do termo – O choro é um gênero criado a partir da mistura de elementos das danças de salão europeias (como o schottisch, a valsa, o minueto e, especialmente, a polca) e da música popular portuguesa, com influências da música africana.

De início, era apenas uma maneira mais emotiva de interpretar uma melodia – por isso os praticantes eram chamados de chorões. Como gênero, o choro só tomou forma na primeira década do século XX, mas a sua história começa em meados do século XIX, época em que as danças de salão passaram a ser importadas da Europa. A abolição do tráfico de escravos, em 1850, provocou o surgimento de uma classe média urbana (composta por pequenos comerciantes e funcionários públicos, geralmente de origem negra), que se interessou por esse gênero.

A origem do termo já foi explicada de várias maneiras. Para o folclorista Luís da Câmara Cascudo, esse nome vem de “xolo”, um tipo de baile que reunia os escravos das fazendas. Por outro lado, Ary Vasconcelos sugere que o termo liga-se à corporação musical dos choromeleiros, muito atuantes no período colonial.

Já José Ramos Tinhorão defende outro ponto de vista: explica a origem do termo por meio da sensação de melancolia transmitida pelas baixarias do violão (o acompanhamento na região mais grave desse instrumento). O músico Henrique Cazes, autor do livro “Choro – Do Quintal ao Municipal”, a obra mais completa já publicada até hoje sobre esse gênero, defende a tese de que o termo decorreu do jeito marcadamente sentimental de abrasileirar as danças europeias. 

Luar do Sertão – Conhecido pelos amantes do chorinho, o grupo Luar do Sertão nasceu no Clube do Choro e é formado por Penha Franco (vocal), Lua do Pandeiro, Gilberto Santos de Lucena (cavaquinho), Mário Justiniano Rodrigues (bandolim), Jerônimo Pedro Florentino (violão de sete cordas) e Juracy Régis de Lucena (coordenador).

Fonte: http://www.joaopessoa.pb.gov.br/grupo-luar-do-sertao-leva-chorinho-para-a-estacao-cabo-branco/

O show acontece no Café da Usina.