Responsabilidade Social

Fundação Ormeo Junqueira Botelho

 A Fundação Cultural Ormeo Junqueira Botelho teve início em 1985, na cidade de Cataguases, Minas Gerais, com atuação nas áreas culturais, sociais e ambientais. Hoje, a fundação tem atividades nos Estados de Minas Gerais, Paraíba, Rio de Janeiro e Sergipe, tendo como ponta-de-lança, a abrangência de suas “Usinas Culturais” – projeto desenvolvido para as empresas do Grupo Energisa, a Fundação atua também no desenvolvimento e manutenção de museus, arquivos e bibliotecas; recuperação de sítios históricos; restauração de obras de arte e arquitetônicas e preservação do folclore. Atualmente, a fundação apoia e gere também programas sociais e de preservação ambiental. O ano de 1996 marca o nascimento das Usinas Culturais, com o intuito de ampliar a participação da Energisa nas comunidades onde atuava na época: a Zona da Mata de Minas Gerais e o município de Nova Friburgo, no Estado do Rio de Janeiro, tendo como marco inicial foi a Usina Cultural de Cataguases, logo se estendendo para outros Estados onde o Grupo Energisa se faz presente, privilegiar pequenas cidades do interior do país, que passaram a receber programas ancorados em cultura e arte. Mais informações