Agenda

16/06/2022

16.06 – EDITAL DE OCUPAÇÃO | Coletiva Anamnese e Vultus dos artistas Vanessa Cardoso e Davi Queiroz

Com realização da Secretaria Especial da Cultura/ Ministério do Turismo (Lei Rouanet) e patrocínio Energisa Paraíba, a Usina abre próxima quinta (16), a exposição Coletiva dos artistas Vanessa Cardoso e Davi Queiroz, selecionados no Edital de Ocupação Artes Visuais. “Anamnese e Vultus”, sob curadoria de Dyógenes Chaves, traz 35 obras (pinturas, desenhos, objetos) produzidas entre 2018 e 2022, e fica aberta ao público de terça a sábado, das 13h às 18h, na Galeria de Arte da Usina Energisa.

Em razão do período de pandemia que deixou os espaços culturais fechados no ano de 2020, as ocupações que acontecem em 2022, são coletivas e individuais de artistas selecionadas ou convidados pelo Edital de Ocupação Artes Visuais 2019-2020.

– Sobre a exposição e artistas

Nascida em Guarabira/PB, Vanessa Cardoso é licenciada em Artes Visuais e mestranda em Artes Visuais pela UFPB.

“Anamnese” por Vanessa: “A exposição traz objetos que fazem parte de uma nova fase de produção, onde me afasto das formas de contorno e da forma de uso da linha no sentido formal para adentrar em novas maneiras de representação do feminino. Me inspiro em histórias de outras pessoas que, misturadas aos meus fragmentos se desenrolam em objetos onde posso representar não só uma, mas várias mulheres.

Nessa fase, faço o caminho inverso, o que antes se fazia de fora para dentro, agora parte de dentro de mim para representar nos objetos que produzo, um devir – obra de mim, busco fragmentos internos costurados em uma trama de maneira processual”.

Davi Queiroz é artista visual. Vive e trabalha em João Pessoa. É ceramista da Casa do Artesão. Em seu atelier ministra oficinas de desenho, pintura e escultura.

“Vultus” por Davi: “Mergulhado em dias incertos, o homem contemporâneo viveu a necessidade da espera. O medo, o não domínio, a fragilidade. A pandemia nos recolheu ao casulo-corpo, ao casulo estético, às paredes e janelas. O olhar é o vestígio. É o tempo. É a boca. É a distância amórfica que nos abraçou. Vultus é uma série que resgata esse registro: a fragmentação dos afetos e da esperança germinada entre retinas e crenças.

A exposição investiga a forma como fonte mediadora das possibilidades do sensível. Nas linhas do desenho percorre pelo advento cotidiano, em códigos esboçados, decifra as charadas da vida e suas pregnâncias. Reconhece a pintura como seu princípio estético. As linhas sinuosas, casualmente surrealistas, são arrematadas por um cubismo resolvido, convite ao devaneio dosado a existência pungente”.

Vernissage: 16 de junho (quinta-feira, 19h)
Até 16 de julho de 2022
Visitação de terça a sábado, das 13h às 18h
Onde: Usina Cultural Energisa (Rua João Bernardo de Albuquerque, 243 – Tambiá – João Pessoa-PB)
Curadoria: Dyógenes Chaves (98808.7877)
Realização: Secretaria Especial da Cultura/ Ministério do Turismo (Lei Rouanet)
Patrocínio: Energisa Paraíba

Baixar arquivos